• Luiza Camargo Mendes

Pila 5 - Não Lutar



O convite dessa semana é experienciar o Não Lutar. Também podemos chamar de ausência de esforço ou não-fazer.


Quando praticamos mindfulness estamos notando o momento a momento, o que surge, as sensações... estar simplesmente prestando atenção ao momento presente. Ter a intenção clara da atitude de Não Lutar é deixar ir os objetivos, metas e expectativas com a prática para vivenciar o agora.


Muitas vezes almejamos algo ao sentar para meditar, como ficar mais relaxada, menos ansiosa, deixar a tensão, ser mais produtiva... isso acaba indo na contramão do mindfulness - desenvolver essa curiosidade e abertura para o que está acontecendo.


O cultivo dessa atitude pode ser muito renovador e requer uma dose extra de disciplina. É abrir mão do apego aos resultados. Um desafio, né?


Tenho experimentado muito isso - cultivar o "não lutar" - aceitar as coisas como são, sem expectativas e estar aberta ao que surge a cada momento.


Ao relacionarmos isso com a prática de mindful eating deixamos de lado a expectativa com o "peso ideal", comer X calorias, perder peso em tanto tempo... a famosa mentalidade de dieta. E trazemos para a prática a aceitação ao que está acontecendo no momento, incluindo a paciência, o autocuidado, a gentileza e a confiança nos sinais.


Quando estou aberta ao que está acontecendo no corpo e noto seus sinais, posso retribuir a ele com mais assertividade. Como por exemplo, comer uma quantidade boa para o corpo, escolher o que realmente quero comer e não ir no automático, saber dizer "não obrigada", fazer pausas no dia, exercitar, uma auto-massagem, escolher o descanso, etc.


Essas intenções vão contribuir muito mais para que você floresça e perpetue seu cuidado com você.


Que tal se abrir para ver as coisas como são?


#mindfulness #atencaoplena #corpoconsciente #momentopresente

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo